Uberaba contra a pedofilia
Notícias Uberaba contra a pedofilia
União dos Jovens e Estudantes do Brasil - UJE Brasil
Hoje a data é       Contato por email  
 
O que é Uberaba contra a PEDOFILIA?
O que é a UJE?
Junte-se à nós
Recado aos Pais
Recado as Crianças
Seja parceiro
Dúvidas sobre a pedofilia
Leis Brasileiras
Notícias
Contato
 
 
 

 

Pedreiro é preso após abusar sexualmente de criança de nove anos -
18/06/2010


Pedreiro foi preso pela Polícia Militar, acusado de molestar e abusar sexualmente de criança. O crime aconteceu no bairro Pacaembu, quando, segundo uma menina de nove anos, ela havia saído do Centro Integrado do bairro Pacaembu e foi abordada por um homem magro, alto, loiro, que usava óculos e trajava calça jeans e camiseta de cor azul, com detalhes brancos nas mangas. O acusado, após abordar a criança, agarrou-a pelos braços, ameaçou e disse que se ela não o acompanhasse ele mataria sua mãe. Em seguida, o acusado levou a criança até uma residência abandonada na rua Daniel da Silva, no bairro Morumbi, e tentou quebrar a porta da sala. Como não conseguiu, ele foi até os fundos da residência e no quintal começou a beijar e acariciar a vítima, além de fazê-la pegar em seus órgãos genitais e passou a mão em todo o corpo da criança. Em determinado momento, a vítima tentou desferir um chute, para se desvencilhar do acusado, mas foi agredida com vários tapas nas pernas e virilha. Após consumar o abuso, o homem disse para a criança que se ela contasse para alguém a mataria e também a seus pais. A menor chegou em sua residência e contou para sua mãe, que acionou a Polícia Militar e contou os fatos.
Policiais da viatura 16725, comandada pelo sargento PM Renê e composta pelo soldado Luis Fernando, realizaram rastreamentos e conseguiram localizar o acusado na rua Anézio Leite, no mesmo bairro. Ele foi identificado como Alex Martins de Moura, 34 anos, conhecido como "Leco". Ele foi reconhecido pela vítima e, em seguida, os policiais foram à residência do acusado, na rua Francisco Raimundo Gomes. Após buscas no interior do imóvel, os policiais encontraram a camiseta que o acusado usava no momento do crime, que também foi reconhecida pela vítima. Ele foi preso, levado para a delegacia e apresentado ao delegado Luiz Antônio Blanco, que ratificou o flagrante. Na manhã de ontem, o acusado foi levado para uma das celas da Penitenciária Aluizio Ignácio de Oliveira.

Fonte:
Jornal de Uberaba
   
 
Apoio: